A Meditação - International Foundation Omraam Villa di Vico Onlus

Go to content

Main menu

A Meditação

Atividades

O filósofo Omraam Mikhaël Aïvanhov sempre propôs a meditação como um meio indispensável para nos livrarmos da ansiedade, inquietude e todas as desordens psicológicas internas; a meditação é uma ferramenta essencial par encontrar a paz interior, a calma, serenidade, mas também serve para aceder ao conhecimento do plano espiritual.

Em particular, o Mestre aconselhou os seus discípulos a praticar a meditação ao nascer do Sol (de 21 de Março a 22 de Setembro), e a meditação na Luz, visto que estes dois casos, o Sol e a Luz são de acordo com o seu Ensinamento, os melhores representantes do Divino na Terra.

A Fundação organizará encontros sobre este tema, e permitirá a oportunidade aos participantes de ganhar experiência prática.


Alguns textos do filosófo Omraam sobre a meditação:


" A meditação é um exercício difícil, pois pressupõe um grande domínio do pensamento. É preciso saber que o pensamento é rebelde, adora errar, vagabundear e, se procurarem pegá-lo bruscamente, bloquearão o seu cérebro.
Ele, como qualquer outro aparelho, é colocado em movimento suavemente, exatamente como se deixa aquecer o motor do carro antes de sair. Portanto, quando quiserem meditar, não procurem dominar ´na marra´ o seu pensamento, pois ele protestará, empinará e lhes jogará no chão. Comecem colocando-se num estado de paz, de harmonia, depois, suavemente, conduzam o seu pensamento na direção que pretendem que ele siga; algum tempo depois, ele estará à sua disposição e lhes obedecerá. É preciso ser muito hábil, muito diplomático com o próprio pensamento. Quando tiverem aprendido a dominá-lo, durante todo o dia, sem que tenham que intervir mais, ele continuará na direção que vocês LHE quiseram dar."

"A maioria das pessoas assim que se aproxima da vida espiritual esbarra com o problema da meditação: não sabe se concentrar. Porquê? Porque não aprendeu a escolher os temas da meditação e se lança às cegas, sem método. Portanto, que fique claro que a primeira regra é, seguramente, a de escolher um tema de natureza espiritual; a segunda é que esse assunto exista no coração, pois só o amor que sentem por um ser, ou por um objeto, lhe poderá ligar a ele. Quando vocês não amam, são como um selo sem cola: não aderem! O erro dos principiantes é que eles querem se concentrar nos problemas filosóficos e místicos mais abstratos: a verdade, a eternidade, o infinito, o Absoluto, o Ser supremo. É um erro, Comecem se concentrando, por exemplo, em uma imagem pura e bela que gostem, uma imagem da natureza ou de arte. Assim, o seu cérebro pegará o hábito de se concentrar e, pouco a pouco, poderão meditar em temas mais distantes de vocês. Para obter resultados na vida espiritual, é preciso saber utilizar a formidável força do amor.
"

Para os que estão interessados a conhecer e resolver praticar em grupo as meditações propostas por Omraam, podem escrever para o seguinte endereço de email: info@fondazioneomraam.org


Back to content | Back to main menu