A Ginástica - International Foundation Omraam Villa di Vico Onlus

Go to content

Main menu

A Ginástica

Atividades

Os exercícios de ginástica propostos pelo filósofo Omraam Mikhaël Aïvanhov, não são apensas simples exercícios físicos, eles têm um significado espiritual e por isso devem ser executados com sacralidade.

Os movimentos são simples, mas contem um simbolismo profundo e antigo. Cada exercício está unido a uma frase que é pronunciada internamente durante a sua execução. Portanto nestes exercícios, não só encontraremos a ação do corpo físico, mas também a dos corpos mental e emocional, dado que são executados com presença, com amor. O efeito deste exercícios é portanto o de ativar o sistema nervoso, trazendo nova energia e equilíbrio aos diferentes planos do ser humano.

Alguns textos de Omraam sobre a ginástica:

"Os exercícios de ginástica que fazemos de manhã são movimentos simples, fáceis, que qualquer um pode fazer. Que contraste com a ginástica que exige grande esforço físico, uma vez que as pessoas estão convencidas de que, para ser forte, poderoso, resistente, basta ter músculos bem desenvolvidos! Como eu já disse muitas vezes, podeis ter bíceps incríveis, como os de Hércules ou os de Tarzan, mas se o sistema nervoso não funciona bem, sereis moles e mesmo que com todos os vossos músculos não sereis capaz de levantar um único quilo, simplesmente porque a eles não chegaram certas correntes para os estimular.
Foi observado que em alguns manicómios, certos doentes mentais durante uma crise, de repente desenvolveram uma tal força que quase nada os consegue parar. Isso é explicado pela circulação de uma corrente, vinda do cérebro, que passa pelos músculos, contraindo-os violentamente. Portanto, o sistema nervoso é muito importante e os exercícios que fazemos não ajudam o desenvolvimento dos músculos, mas ajudam a reforçar e harmonizar o sistema nervoso. "

"Vou resumir rapidamente o efeito de cada movimento do nossa ginástica. O primeiro movimento ensina--nos a receber as forças do Céu, para que entrem em nós para que todas as nossas células são limpas e purificadas. Com o segundo movimento, vamos subir em nós o poder magnético da terra e o encontro destas duas correntes do céu e da terra, das duas forças, criam uma harmonia maravilhosa no plexo solar. O terceiro movimento ensina-nos a nadar com agilidade no oceano da luz cósmica. O quarto movimento ensina-nos como cortar, ou seja, cortar os laços ruins que nos manteiem agarrados. Com o quinto movimento aprendemos a manter o equilíbrio. Com o sexto purificamos e projetamos para longe todos os detritos acumulados. "

Omraam Mikhael Aivanhov

Back to content | Back to main menu